Seja Bem Vindo!

"O verdadeiro mestre é aquele que da condições para que seu discípulo o supere".

"O caráter de Cristo em nossas vidas materializa-se não pelas palavras que falamos, mas pelas nossas atitudes e exemplos. Palavras se vão, exemplos ficam". (ARAUJO, Robinson Luis)

"Liderança Cristã é a arte de influenciar pessoas, pela minha vivência espiritual, despertando o interesse em outras, para uma vida eterna com DEUS". Pr (ARAUJO, Robinson Luis)

domingo, 28 de julho de 2013

Quem nós somos?





                                                                                                Robinson Luis de Araujo[1]

O Brasil está em festa, temos a honra de receber o Senhor "Jorge Mario Bergoglio", mas outros aproveitam o momento para tecer suas críticas e profetadas, não por serem pessoas ruins, de forma alguma. Mas, talvez por não deixar que a humildade transcenda seus pensamentos doutrinários.

Fui criado em uma igreja tradicional, onde aprendi os caminhos do Senhor, e louvo a DEUS por isso. Também aprendi que era o local certo, que outras igrejas estavam erradas, por vários motivos, vejamos: ter um crucifixo vazio, está errado; a mulher usar calça comprida e dirigir o culto, errado; ouvir músicas em estilo de roque, coisas do Diabo; ecumenismo? Nem pensar! É, quem nós somos?

Somos homens, pessoas dotadas de sentimentos e centradas em si mesmas, que amam, desde que obtenhamos alguma coisa em troca, mas aí da pessoa que eu ajudar e se não fizer nada por mim, ou até mesmo virar as costas... 

Recebi um e-mail de um colega o Lindomar Elias, agradecendo a todos que o ajudaram e escrevendo assim: "...somos pessoas dotadas de inteligência que quase sempre queremos impor nossas ideias muitas das vezes sem analisarmos o contexto. Sei que não é fácil aceitarmos ideias contraria a nossa, principalmente quando elas nos tiram da posição comoda de conforto, estamos em constante crescimento e para isso temos que nos unirmos e trabalharmos juntos, caminhando lado a lado..."

Nossas ideias, são as que precisam prevalecer! Foi quando eu resolvi aprender um pouco mais, não de um DEUS atado a uma doutrina, dogma ou filosofia, mas a um DEUS que excede a todo o entendimento humano; um DEUS que ama o pecador, mas é verdade, não ama o seu pecado! Um Cristo que foi crucificado, morrendo em meu lugar, para alcançar aquele que eu acabo julgando e sem coragem, não entregaria a minha vida por ele! Um evangelho que vem libertar as pessoas de suas amarras e de tudo aquilo, como o colega citou: "queremos impor nossas ideias". Não é que estão erradas, mas por serem minhas, valem muito mais do que a do meu vizinho.

Esse homem que citei, Jorge Bergoglio, é o Papa, a pessoa que DEUS coloca a frente de uma igreja universal, para transformar o coração e dogmas por meio daquilo que costuma-se fazer: falar aos quatro cantos, mas não viver. Aquilo que nós, que nos intitulamos "cristão" não temos conseguido viver! É verdade, temos nos levantados uns contra os outros, queremos grandes templos, multidões de pessoas, usamos de nossos ídolos "gospel", mas criticamos o Papa...

Escutando um testemunho, comecei a pensar. O Papa fala para um pastor: Sabe qual a nossa diferença? "Adoramos ídolos, porém vocês estão cada dia mais divididos...". Encontro um Papa que têm por amigo um Pastor ao qual  o ouve, onde pede para que ele fale aos seus líderes sobre o Senhorio de Cristo e acaba fazendo o apelo para que seus liderados aceitem a Cristo como seu salvador...

Vejo um Papa dizendo em suas mensagens: "Você pode ter sido criado na igreja, pode ter sido batizado na igreja, pode ter servido na igreja, pode ser que tenha casado na igreja, morrido na igreja e ainda assim acordar no inferno caso você esteja meramente na igreja e não em Cristo".

Vejo um Papa que se comunica nas redes sociais como o Twitter e declara: "Queridos jóvenes, aprendan a rezar cada dia. Así conocerãn a Jesús y permitirán entrar em sus vidas". Bem como a seus líderes: "No podemos quedarnos enclaustrados em la parroquia, em nostra comunidad, cuando tantas personas están esperando el Evangélio".

Mas é verdade, buscamos as referências bíblicas para embasarmos nossas acusações humanas e pessoais, sempre apontado o erro e a vida dos outros, esquecendo-me de olhar para quem nós somos, como por exemplo: "Saber a senha correta - por exemplo, 'Senhor, Senhor' - não levará vocês a nenhum lugar comigo. O que se requer é obediência, é fazer o que Pai deseja. Posso até ver a cena: no juízo final, milhares vindo em minha direção e se justificando: 'Senhor, nós pregamos a Mensagem, expulsamos demônios, e todos diziam que nossos projetos eram patrocinados por DEUS'. Sabem o que vou responder? 'vocês perderam a oportunidade. Tudo o que fizeram foi me usar para virarem celebridades. Vocês não me impressionam nem um pouco. Fora daqui!". (Mateus 7:21-23)[2]

Lucas também nos chama a atenção, quando nos afirma: "É fácil ver uma mancha no rosto do próximo e esquecer-se do feio riso de escárnio no próprio rosto. Vocês têm o cinismo de dizer: 'Deixe-me limpar o seu rosto', quando o rosto de vocês está distorcido pelo desprezo! Isso também é teatro, é fazer o jogo do 'sou mais santo que você', em vez de simplesmente viver a vida. Tire o cinismo do rosto, e, então, você poderá oferecer a toalha ao seu próximo para que ele também limpe o rosto". (6:41-42)2

Não defendo aqui a questão de idolatria, pois em uma mensagem Sua, o Papa diz que devem procurar diretamente em DEUS, sem a necessidade de fazer suas preces a santos. Realmente seria uma outra discussão e pontos de vistas diferentes, não é isso que trago.

O que observo, é que esse homem chama atenção para que sejamos mais humildes, desvencilhando-nos de todo o nosso eu e passemos a transmitir a paz que esvai do nosso interior; que a pessoa de Jesus Cristo seja exaltada; que saia-se de dentro das paredes para que o evangelho seja proclamado; que não nos alicercemos em nossas convicções unilaterais; que busque-se aqueles que estão perdidos e desviados, em muitos casos, por nossas acusações!

Não é a toa, que o tema da Jornada Mundial da Juventude que acontece no Rio de Janeiro é: "Ide e fazei discípulos de todas as nações".

Para finalizarmos, trago a memória o que Judas nos escreve nos versos 20-252: "Mas vocês, caros amigos, edifiquem-se cuidadosamente nesta fé santíssima, orando no Espírito Santo, permanecendo no centro do amor de DEUS, mantendo os braços abertos, aguardando a misericórdia do nosso Senhor Jesus Cristo. Essa é a vida de verdade, que permanece para sempre. Tenham paciência com os que vacilam na fé. Busquem os que tomam o caminho errado. Tenham pena dos pecadores, mas não peguem leve com o pecado. Não se esqueçam de que o pecado produz um mau cheiro insuportável que chega até os céus. E, aquele que é poderoso para protegê-los com sua presença gloriosa, ao nosso DEUS, nosso único Salvador, por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, sejam a glória, a majestade , o poder e o domínio, antes de todas as eras, agora e até o fim dos tempos. Amém"!

Para nossa reflexão!




[1] Pastor; graduado em Teologia; Pós-graduado em Liderança e Administração Eclesiástica, em Educação à Distância; Pós graduando em Aconselhamento e Psicologia Pastoral e em Terapia Familiar; Mestre em Teologia (livre). 
[2] A Mensagem - Bíblia em Linguagem Contemporânea

Nenhum comentário:

Postar um comentário