Seja Bem Vindo!

"O verdadeiro mestre é aquele que da condições para que seu discípulo o supere".

"O caráter de Cristo em nossas vidas materializa-se não pelas palavras que falamos, mas pelas nossas atitudes e exemplos. Palavras se vão, exemplos ficam". (ARAUJO, Robinson Luis)

"Liderança Cristã é a arte de influenciar pessoas, pela minha vivência espiritual, despertando o interesse em outras, para uma vida eterna com DEUS". Pr (ARAUJO, Robinson Luis)

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

A Batalha da Moralidade Terrena Versus Moralidade Divina/Espiritual


Ao  fazer  minha  leitura  devocional  da  Palavra  de  DEUS,  me  deparei  com  a  história narrada  no  livro  de  II  Samuel,  no  capítulo  6  (mais  a  frente,  detalharei  os  versículos), quando  Davi  dançou  e  uma  de  suas  esposas  o  repreendeu,  sendo  ela  Mical,  filha  de Saul. É  possível  vermos  e  ouvirmos,  em  nossos  dias,  por  meio  das  pregações  e exigências  que  são  feitas  ao  povo  de  cima  dos  púlpitos,  a  obediência  que  se  deve ter  na  busca  de  uma  santidade,  gerada  pelo  fruto  da  moralidade  humana.  Estamos pregando  muito  mais  a  moral  do  que  o  Senhor quer de  seus "verdadeiros"  filhos. Quando  li  o  referido  texto,  percebi  o  confronto  do  que  seria  "moralidade"  exacerbada na  vida  de  uma  pessoa  que  guardava  a  moral  e,  ao  ver  o  esposo  dançar,  uma expressão  física  que  não  poderia  acontecer,  vindas  por  uma  pessoa  que  ora,  havia sido  escolhida  por  DEUS,  para  reinar  sobre  Seu  povo  escolhido,  principalmente  em público.  Detalhe:  Davi estava  cheio  da  presença  de  DEUS. Logo,  debrucei-me  a  solucionar  o  conflito  que  gerou  na  mente,  por  meio  da  oração  e busca  na  Palavra  do  Senhor.  Sendo  assim,  antes  de  você  continuar  a  leitura,  ore  ao Senhor  e  peça  que  Ele  lhe  proporcione  compreensão  que  nos  leva  a  uma  adoração desvinculada de preceitos morais humanos.

Confira, leia e se quiser, baixe no linke abaixo:

http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/5866882

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

O Que DEUS Quer de Nós.

A manifestação do Espírito Santo de DEUS sobre o homem, á algo sobrenatural,
difícil de ser compreendido pela capacidade humana. Para aqueles que são filhos e
pertencem ao Senhor, a manifestação está ligado a comunhão e obediência. Claro
que não se deve descartar uma conduta de busca e santificação. A própria Palavra
de DEUS afirma que "sem santificação, ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12:14).
Sendo a pessoa cheia do Espírito Santo, é possível a contemplação da Glória e o
Poder do Senhor sobre sua vida, atitudes e caminhar. Sendo assim, desenvolver-se-
á o referente estudo, com a finalidade de compreender sua ação, bem como, o
isolamento do "eu" para que se possa ser o que DEUS quer de cada um.

Baixe leia o artigo, disponível em:

http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/5863962

sábado, 24 de dezembro de 2016

Princípios da Cobertura


O presente estudo objetivou o aprofundamento do Princípio de Cobertura dentro de
um relacionamento conjugal entre um homem para com sua esposa, bem como, não
retira a responsabilidade da mulher em estar atenta as circunstâncias e ciladas. É
preciso que se entenda que o inimigo "diabo", ataca seus alvos de maneira astuta e
traiçoeira, levando-os a destruição. Sendo assim, o que mais ele tem atacado nos
dias de hoje é a família e, quando consegue destruir o relacionamento conjugal, o
seu objetivo é alcançado. Como esposo, tem-se a incumbência do sacerdócio dentro
do lar e é preciso cobrir a família com o espiritual.

Acesse o link, baixe e tenha uma excelente leitura.

http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/5862165

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Sendo uma Pessoa (homem) Segundo o Coração de DEUS.



Apresentaremos três personagens bíblicos que, pessoas como nós, tiveram seus erros e acertos, porém, somente um foi considerado um homem segundo o coração de DEUS. Vejamos:

1. ELIABE – I Samuel 16:6-7
  • Filho mais velho de Jessé, irmão de Davi; 
  • Uma pessoa bonita e de boa aparência; 
  • Uma pessoa ciumenta e invejosa, de palavras ásperas (I Sm. 17:28) 
2. SAUL – I Samuel 9:1-2
  • Filho de Quis, alguém de ótima reputação; 
  • Um jovem belo e vistoso, como nenhum outro. Se destacava na multidão por causa da sua altura; 
  • Uma pessoa tímida; 
  • Foi o primeiro rei de Israel (I Sm. 10:22-24). 
Obs.: DEUS revela algumas exigências, já que o povo não queriam mais o Seu reinado, queriam um rei como as outras nações (I Sm. 12:13-15)

3. DAVI – I Samuel 16:12
Virtudes
  • Também era bonito; 
  • Filho caçula de Jessé 
  • Pastor, poeta, matador de gigantes, rei e antecessor de Jesus Cristo. Um dos maiores homens do antigo testamento; 
  • Um homem segundo o coração de DEUS (At. 13:22) 
Defeitos
  • Alguém como eu e você; 
  • Traidor, mentiroso, adúltero, assassino, desobediente… 
Obs.: A primeira lista fornece as qualidades que todos nós gostaríamos de ser e ter; A segunda mostra as que realmente são reais em nossa vida.

Davi, apesar de suas fraquezas, possuía uma fé inabalável na fiel e poderosa natureza de DEUS. Foi um homem que viveu com grande prazer. Ele pecou, mas foi rápido em se confessar. Confessava de coração e seu arrependimento era genuíno.

Davi experimentou a alegria do perdão, mesmo quando teve que sofrer as consequências de seus pecados.
  • Adultério com Bete-Seba; 
  • O assassinato de Urias, esposo de Bete-Seba; 
  • Desobediência a DEUS ao realizar a contagem do povo de Israel; 
  • Não lidou decisivamente com o pecado de seus filhos. 
Como ser uma pessoa (homem) segundo o coração de DEUS?

Salmos 51:10-15 nos fala em viver 4 (quatro) verbos, sendo:
  • Temer; 
  • Servir; 
  • Obedecer e 
  • Seguir.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Ensinamentos de Cristo!



Temos vivido dias difíceis, onde o amor de muitos têm se esfriado; onde o engano tem se alastrado ao ponto de enganar a muitos.

O que fazer?

1. Não podemos fugir do Fundamento dos apóstolos: Jesus Cristo, crucificado e ressurreto;

2. Não se espantar, porquê tudo isso está registrado na Palavra do Senhor - "O pecado andará solto por toda parte e esfriará o amor de muitos". (Mateus 24:12);

3. Não acreditar em tudo o que falam por aí, desviando e adulterando as Sagradas escrituras - "e fazê-los deixar de darem ouvidos às lendas judaicas e às exigências de homens que se tornaram surdos à verdade". (Tito 1:4);

4. Permanecer firme, sabendo que o Senhor - "Portanto, continuem crendo no que lhes foi ensinado desde o começo. Se vocês fizerem assim, então estarão sempre em comunhão íntima tanto com Deus o Pai como com o seu Filho. E Ele mesmo foi quem nos prometeu isto: a vida eterna". (I João 2:24-25).

Que jamais nos afastemos da Palavra em troca dos ensinos e tradições dos homens!

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Sendo Verdadeiro Discípulo.


Quer ser um verdadeiro discípulo do Senhor?

Éfesios 2:19-20 nos afirma: "Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de DEUS, edificados sobre o Fundamento dos apóstolos e profetas, sendo Ele mesmo, Cristo Jesus, a Pedra angular".

Como discípulos do Senhor, somos livres para amá-lo em profundidade, com entrega total, aceitando de bom grado e coração  tudo o que Ele nos ensina e ordena.

Sendo assim, o verdadeiro discípulo é  livre, não está preso a fábula e doutrinas humanas, mas nas do Senhor. Isso é a diferença na vida do verdadeiro discípulo!

Como verdadeiros discípulos, temos uma identidade - imagem e semelhança - não somos forasteiros ou perevrinos. Temos uma morada: o céu.

Como verdadeiros discípulos, pertencemos a família de DEUS e não de uma placa denominacional, sendo uma dos maiores erros, achar que o Evangelho está limitado em uma placa.

O fundamento do verdadeiro discípulo é a Palavra de DEUS - A Bíblia Sagrada - fundamento dos apóstolos, deixadoa por DEUS. Não de uma revelação "capitalista/humanista" ministrado pelo próprio orgulho.

sábado, 1 de outubro de 2016

Quando Clamamos ao Senhor!


Quando Clamamos ao Senhor!

Fato é que, recebe aquele que pede. Porém, quando pedimos, acabamos nos humilhando, devido a necessidade em alguma área da vida. 

Verdade é também que as pessoas hoje pedem e pedem muito, mas, nem sempre é em humildade. Por exemplo: a troca que as pessoas fazem clamando ao Senhor por riquezas na entrega de seus dízimos ou ofertas.

Jeremias 33:3, nos afirma: "Clame a mim e Eu lhe responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece". O que seria algo grandioso e insondável que ainda não conhecemos?

No verso 6, Ele começa a nos responder: "Todavia, trarei restauração e cura para ela; curarei o Meu povo e lhe darei muita prosperidade". Verso 8: "Eu os purificarei de todo o pecado que cometeram contra Mim e perdoarei todos os seus pecados de rebelião contra Mim".

Em Adão, fomos destituídos da Glória de DEUS pelo pecado de rebelião contra a Sua palavra - não comeras. A partir dali, fomos contaminados por todo tipo de doença e pecado, sendo a separação eterna de Sua Glória.

Um Remédio nos foi dado, como a quebra de nossa rebelião - Jesus, crucificado, morto e ressurreto - estando aberto a todos que O clamar.

Só assim, haverá perdão de nossas falhas e rebelião (pecado). Porém a preocupação do homem é sempre aquilo que seus olhos podem ver e seu tato pode sentir.

A nossa cura e restauração, sem sombras de dúvidas, deve ocorrer em nossa alma.

Sendo assim: CLAME.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Para Quem Estará Garantido o CÉU?



Para quem estará garantido o céu?

Realmente é uma pergunta e por vezes põe em dúvida, afasta ou torna fácil esta possibilidade, como por exemplo: Para todos.

Todos quem?

É, essa pergunta é muito intrigante e merece um pouco de nossa atenção.

Em primeiro lugar, posso te garantir que o céu não é para aqueles que se julgam ou achamos que são "bonzinhos". Não é pela nossa bondade ou "justiça" que o alcançaremos.

Em segundo lugar, não é para aqueles que "acreditam" em DEUS, pois a Sua Palavra nos afirma: "Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o creem, e estremecem". (Tiago 2:19).

Também o céu não esta reservado para aqueles que queremos que sejam transformados "atitudes" para que aceitem a Jesus Cristo como Senhor de Sua vida.

O maior erro que cometemos é achar que primeiro a pessoa deve obedecer aos mandamentos de DEUS para que possa alcançar sua vida eterna "céu" ao lado do Senhor, antes da pessoa de Jesus. Não! A ordem é justamente o inverso.

Quando uma pessoa realmente consegue ver a Cristo, o seu coração é conquistado pelo Senhor. Depois, quando o mandamento requer uma atitude concreta "mudança", ela estará pronta para obedecer, pois está em Cristo, seu Espírito habita nela, não lhe restando outra atitude que não a mesma de nosso Senhor, que é: OBEDIÊNCIA.

Hebreus 5:9 nos afirma: "E tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que Lhe obedecem".

O céu está aberto e reinará com o Senhor aqueles que obedecem a Ele, Jesus Cristo pois, pela cruz Ele nos chamou e, como Ele renegou ser o próprio DEUS na condição humana, para que obedecesse até aquela cruz, nos resgatando de nossa desobediência registrada em Gênesis 2:17 - "Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás".

Sendo assim, o que nos resta? OBEDECER.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Os Planos do Senhor.


O Senhor têm planos para nossa vida. O propósito de Seu coração é que o vivamos intensamente. Olhemos o que Jeremias 29:11-13 nos afirma:

"11.  Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o SENHOR, quem está falando.
12.  Então vocês vão me chamar e orar a mim, e eu responderei.
13.  Vocês vão me procurar e me achar, pois vão me procurar com todo o coração".

O que podemos entender também é que,  para vivermos os sonhos que Ele têm para nossa vida,  não podemos levar uma vida de total separação e fora de Seus designos. 

Devemos ter comunhão com Ele,  fato comprovado na vocação "vocês vão me procurar" e um meio de comunhão é através de nossa oração para com Ele.  

É preciso esclarecer que a oração não pode ser um simples repetir algo que está pronto.  Ele que uma conversa informal,  daquela que podemos falar "teti a teti" com DEUS. Expor nossas necessidades e desejos;  nos abrirmos a Ele. 

Ele estará pronto para nos responder,  como o Pai que ama e quer bem a Seus filhos. 

Vivamos com ousadia,  sabendo que os sonhos que Ele têm para nós,  está iniciado na cruz,  onde nos deu Seu Filho Jesus Cristo. 

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A Salvação...




Fato que, devido a nossa natureza Adâmica, somos ateus e condenados para vivermos uma eternidade afastados de DEUS.


Verdade que não podemos mudar o nosso passado e a herança que recebemos de nossos primeiros pais. Agora, podemos mudar o nosso futuro.


O pecado é o que nos afasta de DEUS. Mas, qual pecado. Digo: O maior pecado. E existe o maior pecado? Sim, existe. Aqueles que nos afasta definitivamente de uma eternidade com o Senhor.


Esse maior pecado é não crer na pessoa de Jesus Cristo, Seu Filho. "A incredulidade relacionada à pessoa de Jesus Cristo é de fato a muralha que nos separa de DEUS, distanciando-nos dEle eternamente" (Paranaguá, 2012, p.43).


João 14:6 nos afirma: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim".


Lembremos sempre: O que separa o ser humano de DEUS Pai é o pecado e o que nos aproxima e nos une a Ele é a fé e a crença na pessoa de Seu Filho, Jesus.


Podemos ser as pessoas mais bondosas, caridosas, compreensiva etc... Porém, se não cremos na pessoa e Obra da Cruz, não herdaremos Sua presença na eternidade.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

A Glória de DEUS.






Habacuque 2:14, nos fala: "Mas a terra se encherá do conhecimento da Glória do Senhor, como as águas enchem o mar".

Chegará o dia em que ficaremos livres da presença do pecado no mundo que vivemos; chegará o dia que a morte não mais prevalecerá; dia que o ódio não existirá, ciúmes, corrupção, roubalheira, enganação.


Chegará o dia que a Glória do Senhor nos inundará, não como uma geleira quando se derrete, não como um rio que sai de sua calha, não como uma tempestade em sua fúria, não como um tsunami em sua destruição.

Seremos inundados por completo pela Sua Glória, da mesma forma que as águas cobrem o mar. Não seca, permanece.

Para que possamos gozar e permanecer sob esta Glória, antes de mais nada, precisamos nos reencontrar na Cruz. Pois antes que Sua Glória nos inunde por completo, ela foi derramada naquele madeiro. Sem ela, será impossível.

A Glória de DEUS.






Habacuque 2:14, nos fala: "Mas a terra se encherá do conhecimento da Glória do Senhor, como as águas enchem o mar".

Chegará o dia em que ficaremos livres da presença do pecado no mundo que vivemos; chegará o dia que a morte não mais prevalecerá; dia que o ódio não existirá, ciúmes, corrupção, roubalheira, enganação.


Chegará o dia que a Glória do Senhor nos inundará, não como uma geleira quando se derrete, não como um rio que sai de sua calha, não como uma tempestade em sua fúria, não como um tsunami em sua destruição.

Seremos inundados por completo pela Sua Glória, da mesma forma que as águas cobrem o mar. Não seca, permanece.

Para que possamos gozar e permanecer sob esta Glória, antes de mais nada, precisamos nos reencontrar na Cruz. Pois antes que Sua Glória nos inunde por completo, ela foi derramada naquele madeiro. Sem ela, será impossível.

domingo, 18 de setembro de 2016

O Céu...



Vejamos o que Romanos 10, versículos 9-13 nos afirma:

9. Se você disser com a sua boca: “Jesus é Senhor” e no seu coração crer que Deus ressuscitou Jesus, você será salvo.
10. Porque nós cremos com o coração e somos aceitos por Deus; falamos com a boca e assim somos salvos.
11. Porque as Escrituras Sagradas dizem: “Quem crer nele não ficará desiludido.”
12 . Isso vale para todos, pois não existe nenhuma diferença entre judeus e não-judeus. Deus é o mesmo Senhor de todos e abençoa generosamente todos os que pedem a sua ajuda.
13 . Como dizem as Escrituras Sagradas: “Todos os que pedirem a ajuda do Senhor serão salvos.”

A maior decepção de muitos será que no céu não existirá placa de igreja; não existirá a cobrança financeira; não existira o desprezo com aqueles que não se submeteram à aqueles que estão à frente; e outras coisitas a mais...

No céu haverá e encontraremos pessoas que confessaram o nome de Jesus, obedeceram a Ele, viveram sob Sua orientação, mesmo que outros achem que desagradou seu "pastor"!

A salvação é plano de DEUS, não invenção humanista em um mundo capitalista.

O céu a de nos surpreender, acredite.

Somente pela CRUZ!



Desagradar a DEUS é viver no pecado. Agradar a DEUS é andar por fé em Jesus. Ainda assim, como disse Charles Hodge, " não há mérito em crer. Trata-se apenas do ato de receber um favor oferecido" e, acrescento, não merecido. Viver pela fé é andar na contramão do pecado, fora da fronteira do humanismo asfixiador e destituído de qualquer merecimento, ainda que suprido, suportado e sustentado pela suficiência da graça incondicional de Javé. Visto que a justiça de DEUS se revela no Evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé. (Rm 1:17). (Paranaguá, 2012, p.38).

Uma reflexão um tanto importante para uma evangelho corrompido pelas amizades com o mundo, nos levando a prostituição espiritual. A salvação não decorre do medo de irmos para o inferno, como muitos à buscam. Também não é por atos bondosos; politica da boa vizinhança; ou obediência irrestrita a uma pessoa.

A salvação é por graça, embora não a mereçam; ela é um Dom de DEUS, ou seja, disponível a todos os que queiram.

Só existe uma maneira dela nos alcançar: por meio da fé, de que um dia, Javé se fez carnal, habitou no mundo, se doou naquela cruz e por meio dela temos vida eterna e abundante. Não temos outro meio.

Não adianta comprarmos escrituras no céu; praticarmos o assistencialismo; obediência irrestrita ao homem se não nos entregarmos a cruz.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Cuidado com os Escândalos!



Hoje estava lendo uma reportagem a respeito de um “pastor” que havia estrupada uma criança e incendiado o corpo da menina e fiquei pensando o por quê um homem, que supostamente “serve a DEUS”, acaba realizando tamanha brutalidade.

Em minha leitura diária, acabei lendo a seguinte passagem em Marcos 9:

42. Mas quem puser uma pedra de tropeço no caminho de um destes pequeninos que creem, melhor seria que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e que fosse lançado no mar. 43. Se a tua mão te servir de pedra de tropeço, corta-a; melhor é entrares na vida manco, do que, tendo duas mãos, ires para a geena*, para o fogo inextinguível. 44. {onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga.} 45. Se o teu pé te servir de pedra de tropeço, corta-o; melhor é entrares na vida aleijado, do que, tendo dois pés, seres lançado na geena*. 46. {onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga.} 47. Se o teu olho te servir de pedra de tropeço, arranca-o; melhor é entrares no reino de Deus com um só de teus olhos, do que, tendo dois, seres lançado na geena*, 48. onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga. 49. Pois cada um será salgado com fogo. 50. O sal é bom; mas se o sal se tiver tornado insípido, com que haveis de lhe restaurar o sabor? Tende sal em vós mesmos, e estai em paz uns com os outros”. (Sociedade Bíblica Britânica).

* local de suplício eterno pelo fogo; inferno, sofrimento intenso; tormento, tortura.

I – Jesus Cristo tinha acabado de expulsar um demônio surdo e mudo, depois caminhando com seus discípulos O indagavam a respeito de uma pessoa que não andava com eles e expulsava demônios. Foram advertidos por Ele para que deixassem o referido homem, pois por expulsar em Seu nome, somava:

II – Ele coloca que aqueles que invocam o Seu nome, de forma alguma devem provocar o escândalo, sendo como pedra de tropeço para que outras pessoas venham querer aceitar o Seu Senhorio;

III – Antes mesmo de se perder e ser lançado no lago de fogo eterno, seria melhor que partes de nosso corpo que nos levam ao pecado e obviamente a provocar o escândalo, pudesse ser tirado e lançado fora pois, seria melhor entrar no céu faltando pedaços do que todo o seu corpo se afastar da presença de DEUS;

IV – Cristo abre um parêntese pela segunda vez, falando de um lugar onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga, preparado para todos aqueles que levarem os “pequeninos” ou novos na fé ou, até mesmo, aqueles que estão receptivos em querer o Evangelho para si;

V – É necessário que sejamos sal da terra. Interessante é que não é qualquer sal, mais um sal que é provado pelo fogo. O sal é um tempero essencial em nossa culinária, ele traz sabor aos pratos preparados. É difícil saborearmos um alimento sem sal, é totalmente “sem graça”;

VI – Precisamos dar sabor ao mundo! Porém, o que temos assistido de uma maneira constante e consecutiva é um evangelho de “escândalos”, não pelos pequeninos mas, sim pelos “líderes” que deveriam dar todo o exemplo necessário. Vivemos em um tempo onde esta faltando caráter para aqueles que estão a frente do povo de DEUS. Chega ser repugnante o que as mídias e redes sociais mostram diariamente;

VII – O versículo 50 nos afirma: “O sal é bom; mas se o sal se tiver tornado insípido, com que haveis de lhe restaurar o sabor? Tende sal em vós mesmos, e estai em paz uns com os outros”. Como o sabor a de ser restaurado? Realmente vivemos os últimos dias, onde o Senhor da seara têm refinado as pessoas pelo fogo e somente aqueles que passarem por esse fogo, será salvo.


Terminando: Restauremos o sal que está em nós, tenhamos paz, vivamos o caráter de Cristo em nossas vidas, sejamos moldados pela Sua Palavra, abandonemos as práticas mundanas e façamos a diferença.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

PRECISAMOS ACORDAR!



Hoje me peguei analisando a passagem de Mateus 14:29-31 que nos diz: “Vem", disse Jesus. Pedro saiu pela borda do barco e caminhou por cima da água em direção a Jesus. Mas, olhando em torno, sentindo o vento forte, ficou apavorado e começou a afundar-se: "Senhor, salva-me!" Logo Jesus lhe estendeu a mão e o socorreu: "Homem de pouca fé, por que duvidaste?"” (Bible Server)

Qual tem sido minha atitude como igreja, ou seja, como Corpo de Cristo, a Sua Noiva, em relação ao sobrenatural de DEUS? Pedro foi levado ao sobrenatural mas, teve medo. Experimentou andar sobre as águas mas, em seguida afundou.

Não estou falando aqui de viver no “sapatinho de fogo” como muitos dizem por ai. Não é isso. É vivermos um sobrenatural onde temos por missão abalarmos a estrutura do inferno; a resgatarmos vidas para o Senhor da Seara; a de se doar por Cristo sem a preocupação de olhar para o mundo físico, pois quando assim fazemos, sentimos medo e afundamos.

O que temos feito, qual o evangelho que temos pregado, um evangelho de acomodação? Vejamos o que Yavé nos fala por intermédio de Isaías: Eis que assim declara o Eterno: “Visto que este povo se chega junto a mim apenas com palavras sem atitude, e me honra somente com mover dos lábios, enquanto seu coração está muito distante da minha pessoa. E a adoração que me prestam é constituída tão somente de regras e doutrinas criadas por homens” (Is. 29:13)

No Novo Testamento, o Próprio Yeshua (salvação) adverte-nos da maneira que o povo estava vivendo e que, por crermos em Sua palavra, trazemos para nossa vida, quando Ele afirmou: “Este povo me honra com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim”.  (Mt.15:8).

Nossas igrejas (lembrando que a igreja somos nós) têm se preocupado em somente levar belas frases cantaroladas para oferecer como “...sacrifício... (achando que;)... é puro, santo e agradável a Deus...”. Não é esse louvor que devemos apresentar a Ele e consequentemente ao mundo porque, quando olhamos para a nossa essência, ela está podre. Nosso “louvor” não expressa a realidade que está dentro de nosso coração. Palavras vazias.

O detalhe que Ele não para por aí, continua e vai um pouco mais a fundo e afirma: “Em vão me adoram; seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens”. (Mt. 15:9). Meu DEUS, agora Cristo pega pesado e diz que quando agimos assim é em vão. Então o que estamos fazendo dentro de nossos salões? Estamos ali para aprendermos regras, a sermos bonzinhos, a espelhar a imagem... A imagem do “meu discipulador?”, a vivermos por regras ensinadas por nós mesmos, que não transforma nem a minha vida?

Por muitas vezes temos brincado de sermos “cristãos” porém, o diabo não tem brincado de ser quem ele é: Assassino, ladrão e destruidor.


É, realmente precisamos acordar!

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

A Verdade do Amor Depende de Total Autoesvaziamento

Boa tarde!

Mais um estudo em Artigo denominado: A Verdade do Amor Depende de Total Autoesvaziamento, publicado em PDF, que pode ser lido ou baixado no seguinte endereço:

A Verdade do Amor Depende de Total Autoesvaziamento! 

A todos, bom estudo!

A Verdade do Amor Depende de Total Transparência

Boa tarde!

Para nossa edificação e meditação, coloquei o Artigo: A Verdade do Amor depende de total Transparência, pode ser lido e baixado no seguinte endereço:

A Verdade do Amor Depende de Total Transparência!

A todos uma excelente leitura.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Bom dia!

Postei um estudo intitulado SENDO UMA ÁRVORE PLANTADA, que está disponível em:

Sendo uma Árvore Plantada!

Acesse, baixe e seja abençoado.

em Cristo Jesus,

Pr Robinson

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Preparados para Dar Frutos.


"Lembrem-se: vocês não me escolheram: eu os escolhi e lancei no mundo para produzir frutos que não se estragarão. Como o fruto de vocês vem do Pai, o que pedirem ao Pai em relação a Mim, Ele concederá. Mas, lembrem-se do mandamento principal: amem uns aos outros." (João 15:16-17 - A Mensagem).

Diferente de tudo que aprendi quando criança, quando o pregador ao terminar sua mensagem, perguntava: Quem quer aceitar JESUS levante a mão! E assim acontecia, estava salvo por uma atitude tão simples. Com isso, não quero dizer que a convicção da pessoa que aceitava estava errada, mas sim, como o apelo era feito.

No versículo citado, entendemos que não somos nós que o escolhemos, mas Ele escolheu a cada um de nós, escolheu para que possamos dar frutos, frutos que permaneçam para sempre.

A escolha de pertencer a Ele é minha, porque SOU ESCOLHIDO.

Mas algo importante o referido texto nos fala também. Fomos escolhidos e lançados no mundo, para que possamos dar frutos que não se estraguem. Frutos que não apodreçam. O que vejo é que, como gênero humano, baseado em minha natureza pecaminosa, não seria possível "eu" produzir frutos bons, mas, quando estou enxertado na VIDEIRA, "eu" produzo frutos e de boa qualidade.
No início desse capítulo de João, Ele nos afirma: "EU sou a VIDEIRA Verdadeira" e no verso 4, ainda nos garante: ”Vivam em mim. Venham morar em Mim, como eu moro em vocês. Assim como o ramo não pode produzir uvas por si mesmo, mas apenas se estiver unido à Videira, vocês não podem produzir frutos se não estiverem unidos a Mim".
No versículo 8, temos: "É desta maneira que Meu Pai demonstra quem Ele é: quando vocês produzem frutos, quando demonstram maturidade como meus discípulos".

Para que nossos frutos sejam bons e permaneçam, eu preciso estar nEle,  pertencer a Ele, viver nEle. Sendo assim, gostaria que refletíssemos na seguinte pergunta e que possamos responder com sinceridade: Que tipo de fruto tenho eu produzido: São frutos bons, frutos que permanecem? 
Um detalhe chama nossa atenção é que, nossos frutos são produzidos da mesma forma a de onde estamos enxertados. Se estou na Videira Verdadeira, meus frutos serão bons e se não, meus frutos são maus, estragados, que não desenvolvem. Frutos raquíticos pra mais nada servem, a não ser, para ser cortado e queimado.

Uma prova da qualidade dos frutos que como ramo produzo é o amor que exerço para com Seus discípulos. Temos que desenvolver o amor, da mesma forma que Ele nos amou, sem troca. Amor incondicional! 
Acredito ser esse o maior detalhe de mostrarmos a qual videira nós pertencemos, por meio do amor que praticamos, pois não têm como amar as pessoas da mesma forma como Cristo nos ama, se não estivermos nEle. Mas, esse amor vem pela maturidade para com as coisas do Reino.

Lanço um desafio a cada um de nós. Que em 2015, possamos alcançar a maturidade em Jesus Cristo, por meio do amor que reflito para com as pessoas, pessoas essas que são discípulas, não de minhas, mas de Cristo e, sendo verdadeiros discípulos de Cristo, aprendemos a viver como Ele deseja.

Um Feliz 2015. 

Pr Robinson L. de Araujo - CCA

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

O Papel Sacerdotal dos Pais Dentro da Família.


Vive-se hoje um descaso dentro da família, onde ela deixa de ser importante. Síndrome da modernidade.

Famílias fortes, povo forte, sociedade forte. Famílias doentes, sociedade doente.

O que fazer? 

Acesse e leia: http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/5085350

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

QUE VENHA 2015


Estamos no final de 2014, um ano de lutas, mas de muitas vitórias, sendo que, a maior delas, é a oportunidade que DEUS te dá de poder estar lendo essa pequena reflexão. Sinal de que o fôlego de vida esta sobre você. E já diz um jargão: "Enquanto há vida, há esperança...". Mas, não uma esperança de ficar parado esperando as coisas acontecerem, mas esperança de correr em busca, conquistar, vencer, depender integralmente do Senhor!

Talvez 2014 possa ter sido um ano de dificuldades, que alguns desejos não deram certos, como por exemplo não ter conseguido aquele emprego que almejava, batalhas, batalhas... O importante é que a Palavra de Deus já nos advertia: “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, pois Ele venceu o mundo” (João. 16:33b). Porém, temos uma garantia muito maior, a que Ele nos deixou em (Romanos 8:37): “Em todas essas coisas, somos mais que vencedores por meio daquele que nos amou”. Se somos amados por Ele, já somos mais que vencedores, porque somos escolhidos.

Todavia, 2014 também foi um ano de vitórias, muitas vitórias. Gostaria de citar algumas delas, como por exemplo: pertencer à família de Cristo com muitos irmãos; pela minha família; pela saúde que Ele nos proporcionou; pelo trabalho; pelos filhos; pelos nossos pais e amigos; pela salvação em Cristo; pelo livramento do mal; pelo ar que respiramos; pelo alimento que não faltou; pela casa; pelo meu cônjuge, em fim, por tudo aquilo que eu não merecia e Ele me ofertou em 2014. Então podemos nos perguntar: Eu tive o privilegio de agradecer a Deus por tudo isso? Já o fiz? Se não, não percamos mais tempo, pois Deus se agrada quando lhe agradecemos.

O que esperar de 2015? Como cristãos, não temos muito que esperar, pois, o mundo jaz no maligno e as tribulações só tendem a aumentar. Mas em (Josué. 1:5), a Palavra nos diz que: “ninguém te poderá resistir por todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo: não te deixarei, nem te desampararei”. Por mais que as aflições cheguem até nós, o Senhor estará conosco, porque somos: “Raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus..., pois agora alcançastes misericórdias” (I Pedro 2:9-10). Mas, para isso, não podemos esquecer do que ainda está escrito em (Josué 1:7-8)”Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei..., dela não te desvieis, nem para a direita, nem para a esquerda, para que sejas bem sucedido por onde quer que andares. Não cesses de falar deste livro, medite dia e noite, para teres o cuidado de fazer segundo a tudo o que esta escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido”.

Amados, queremos ter um ano bem sucedido em 2015? Então, tenhamos mais tempo de dedicação ao Senhor, fazendo a Sua vontade em nossas vidas. Ler, meditar e estudar mais a Sua Palavra, creia que o nosso Deus estará no controle de tudo, mas de tudo mesmo, conforme (Salmos 37:5) “entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e o mais Ele fará”. “Porque o Senhor Deus é contigo, por onde queres que andares” (Josué 1:9). Se envolva na Sua obra, não perca tempo, pratique a esperança no seu coração e a plante no coração de outras pessoas. Vivas intensamente os sonhos que DEUS tem para você e sua família, para a Igreja a qual você esta inserido.

Por fim, queremos desejar a todo, um Feliz Ano Novo! Que as bênçãos e o amor de nosso Deus, a graça redentora de Cristo Jesus e a doce comunhão do Espírito Santo de Deus, esteja sobre as nossas vidas, a de nossos familiares, neste final de ano, sobre o ano que se iniciará e por toda a nossa vida. São os mais sinceros votos.

 Feliz Ano Novo!


Pr Robinson L. de Araujo - CCA


quinta-feira, 5 de junho de 2014

A postura da Igreja com Pessoas que se Divorciaram e se Casaram Novamente Antes de Conhecerem a Jesus Cristo




A partir da modernidade, vivem-se tempos de desmoralização da família e de valores tradicionais que iniciaram-se na antiguidade . Existe muita especulação sobre este assunto e ele tem sido aplicado de muitas maneiras. O que tentaremos direcionar é qual atitude que a igreja deve ter quando se depara com pessoas que não conheciam a Cristo, casaram-se, separaram-se e contraíram um novo casamento com outra pessoa e, que agora, chegam em nossas igrejas. Antes, deve-se atentar para o que as Sagradas Escrituras nos fala a respeito da família e a importância dela, conforme Peterson (2011, pg. 829) afirma que o salmista, em seu capítulo 128, nos assevera: Vocês que temem o Eterno, como são abençoados! Podem andar alegremente em seu caminho reto. Vocês trabalham duro e merecem tudo o que receberam. Aproveitem a bênção! Celebrem a bondade! Sua mulher gerará filhos como a vinha produz uvas. Seu lar será próspero. Os filhos em volta da mesa, saldáveis e promissores como brotos de oliveira. Pasmem diante do "sim" de Deus (...) E aproveitem também os seus netos. Conforme descrito acima, o plano de Deus é que a família seja um ponto único no mundo, um lugar de refúgio para os seus, um abrigo seguro. O que ocorre é que muitas das pressões e mudanças do mundo acabam afetando fortemente a família e impedem o crescimento e o entendimento de quem vive sob o mesmo teto. Isso ocorre muito nos lares não cristãos, mas atinge também cada vez mais as famílias evangélicas.


Acesse e desfrute de uma boa leitura:

A Postura da Igreja com Pessoas que se Divorciaram e se Casaram Novamente Antes de Conhecerem a Jesus Cristo

sábado, 15 de março de 2014

Governo Natural ou Moral de DEUS?


"O Eterno esta sempre atento, buscando pessoas inteiramente comprometidas com Ele. Você errou, procurando ajuda humana quando podia contar com DEUS". (II Crônicas 19:9 - A MENSAGEM).

Muitos hoje em dia, como  o Rei Asa, buscam e se colocam somente ao comando do governo natural de DEUS. Mas, DEUS quer além do governo natural, o governo moral do homem.

Tudo foi criado por DEUS, isso é uma verdade que podemos encontrar em gênesis 1 e 3, como o próprio homem. Ali, Ele já exercia o seu governo natural sobre a criação. Quando o homem desviou do caminho que deveria seguir, preferindo a desobediência do que o comprometimento com a palavra de DEUS, para viver o seu próprio conceito.

Hoje, muitos querem retornar ao alvo, aceitam o governo de DEUS, mas somente o natural, esquecendo que dEle é tudo e esta debaixo de Seu governo. Precisamos nos submeter ao Seu controle moral, onde as minhas vontades e desejos são controlados pelo Pai; onde não vivo mais eu mas Cristo vive em mim. Ele assume o controle total de minha vida. Está no comando.

Que possamos nos entregar ao governo moral de DEUS.



Pr Robinson Luis de Araujo - Aquidauana/MS

domingo, 19 de janeiro de 2014

O Papel Sacerdotal dos Pais dentro da Família!



Um fato que não se pode negar: Vive-se uma crise na sociedade, seja ela classe baixa, média ou alta.

Desde cedo aprende-se que o núcleo da sociedade é a família. Ora, se a sociedade está em crise, é porquê o seu núcleo também o está.

Se os país não assumirem o papel de Sacerdotes dentro da família, ela estará fadada a ruína.

Lembre-se: ainda há tempo!